Meu humor



Meu perfil
BRASIL, AMAPA, MACAPA, UNIVERSIDADE, Homem, Portuguese, Esportes, Música, Leituras



Arquivos
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 10/12/2006 a 16/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 26/11/2006 a 02/12/2006
 19/11/2006 a 25/11/2006
 12/11/2006 a 18/11/2006
 05/11/2006 a 11/11/2006
 29/10/2006 a 04/11/2006
 22/10/2006 a 28/10/2006
 15/10/2006 a 21/10/2006
 08/10/2006 a 14/10/2006
 01/10/2006 a 07/10/2006
 24/09/2006 a 30/09/2006
 17/09/2006 a 23/09/2006
 10/09/2006 a 16/09/2006
 03/09/2006 a 09/09/2006
 27/08/2006 a 02/09/2006
 20/08/2006 a 26/08/2006
 13/08/2006 a 19/08/2006
 09/07/2006 a 15/07/2006

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 http://gatinhavip.zip.net
 http://castro.castro.zip.net
 http:// jeitotucuju.zip.net
 http://ernanimotta.zip.net
 Kiara Guedes




Blog de sergioguedes.ap
 


                MÚSICA

 

        Nenhum outro tipo de expressão artística atinge tão diretamente o ser humano quanto a música. Não existe quem no mundo não se deixe envolver pelos acordes suaves ou estridentes de uma canção que se arraigou a algum acontecimento de sua vida. Cada música é uma saudade... uma alegria...uma tristeza...uma sensação desigual no espírito. Algumas nos fazem deitar e contemplar a vida, outras nos fazem querer pular, voltar a reviver a loucura de uma ocasião inesquecível, outras nos fazem querer a eternidade, a liberdade, o amor. Música! O mundo é movido à música! Nossos sonhos são movidos à música! Nossos gestos seguem a música!

        Hoje, nesta sexta-feira enforcada, eu viajei por diversos momentos da minha vida, assistindo a um dvd de músicas românticas internacionais antigas. Foi como se, de repente, passasse em minha mente uma retrospectiva de uma parte tão doce desses anos que atravessei. Perdoem-me pela pieguice, mas hoje o sentimentalismo me contagiou.

        Embora alguns não admitam, todo mundo tem uma trilha sonora para sua vida! Qual é a sua?       



Escrito por sergioguedes.ap às 00h31
[] [envie esta mensagem
]





     

             FLORBELA ESPANCA (1894-1930)

       É considerada como a grande figura feminina das primeiras décadas da literatura portuguesa do século XX. A sua obra literária, iniciada em 1919, com o Livro das Mágoas, antecipa em seu meio a emancipação literária da mulher. Para quem gosta de poesias com uma extrema carga de lirismo, vale a pena conferir dois de seus poemas.

        FANATISMO

 

Minh’alma, de sonhar-te, anda perdida!

Meus olhos andam cegos de te ver!

Não és sequer a razão do meu viver,

Pois que tu és já toda a minha vida!

 

Não vejo nada assim enlouquecida...

Passo no mundo, meu amor, a ler

No misterioso livro do teu ser

A mesma história tantas vezes lida!

 

“Tudo no mundo é frágil, tudo passa...”

Quando me dizem isto, toda a graça

Duma boca divina fala em mim!

 

E, olhos postos em ti, digo de rastros:

“Ah! Podem voar mundos, morrer astros,

Que tu és como Deus: princípio e fim!...”          



Escrito por sergioguedes.ap às 23h29
[] [envie esta mensagem
]





            EU...

 

Eu sou a que no mundo anda perdida,

Eu sou a que na vida não tem norte,

Sou a irmã do sonho, e desta sorte

Sou a crucificada...a dolorida...

 

Sombra de névoa tênue e esvaecida,

E que o destino amargo, triste e forte,

Impele brutalmente para a morte!

Alma de luto sempre incompreendida!...

 

Sou aquela que passa e ninguém vê...

Sou a que chamam triste sem o ser...

Sou a que chora sem saber por quê...

 

Sou talvez a visão que alguém sonhou,

Alguém que veio ao mundo pra me ver,

E que nunca na vida me encontrou.



Escrito por sergioguedes.ap às 23h22
[] [envie esta mensagem
]





            VOTO SECRETO

 

      A CÂMARA DOS DEPUTADOS APROVOU EM 1º TURNO O FIM DO VOTO SECRETO NAS SUAS VOTAÇÕES. DETALHE: A VOTAÇÃO EM 2º TURNO SERÁ REALIZADA APÓS AS ELEIÇÕES. SERÁ QUE DEPOIS DE JÁ TEREM CONHECIMENTO DO RESULTADO DO PLEITO ELEITORAL OS DEPUTADOS MANTERÃO ESTA DECISÃO? FICA A PERGUNTA NO AR.

      ALIÁS, ESTA É UMA QUESTÃO QUE NÃO DEVERIA NEM ENTRAR EM DISCUSSÃO. PRESTAR CONTAS A SEUS ELEITORES, VOTANDO ABERTAMENTE, DEVERIA SER OBRIGAÇÃO DE DEPUTADOS E SENADORES.

 

            VOTO OBRIGATÓRIO

 

      PARA MIM, VOTO OBRIGATÓRIO NÃO RIMA COM DEMOCRACIA. COMO É QUE O CIDADÃO PODE DIZER QUE É LIVRE, SE O ESTADO O OBRIGA NO DIA DAS ELEIÇÕES A IR ÀS URNAS? CASO ELE NÃO COMPAREÇA AINDA SOFRE PUNIÇÕES.

      NÃO ADIANTA DIZER QUE CASO O VOTO SEJA FACULTATIVO HAVERÁ UM GRANDE NÚMERO DE ELEITORES QUE NÃO PARTICIPARÁ DA ESCOLHA DE SEUS REPRESENTANTES. ISSO É UMA QUESTÃO DE INFORMAÇÃO. CAMPANHAS EDUCACIONAIS DEVEM SER FEITAS NO SENTIDO DE CONSCIENTIZAR AS PESSOAS DA IMPORTÂNCIA DE SEUS VOTOS PARA O DESTINO DE SEU MUNICÍPIO, DE SEU ESTADO, DE SEU PAÍS.

      NÃO É O VOTO FACULTATIVO QUE FARÁ O ELEITOR NÃO QUERER VOTAR. O QUE FAZ COM QUE O CIDADÃO ABRA MÃO DO SEU DIREITO DE ESCOLHA SÃO OS MAUS POLÍTICOS, AQUELES QUE TRANSFORMAM O PROCESSO ELEITORAL NUM JOGO SUJO, CRIANDO NO CIDADÃO A CRENÇA DE QUE TODOS SÃO IGUAIS, E DE QUE A ELEIÇÃO É UMA FARSA.

      NÓS SÓ OBTEMOS CRESCIMENTO NA VIDA QUANDO NÓS AMADURECEMOS E PASSAMOS A COMPREENDER O VALOR REAL DE CADA COISA, DE CADA ATO SEM QUE NINGUÉM NOS OBRIGUE A FAZÊ-LO MEDIANTE AMEAÇA. O ELEITOR SÓ AMADURECERÁ POLITICAMENTE QUANDO ELE TIVER O LIVRE ARBÍTRIO PARA SE DIRIGIR, OU NÃO, ÀS SEÇÕES ELEITORAIS E VOTAR DE ACORDO COM AS SUAS CONVICÇÕES.  

 



Escrito por sergioguedes.ap às 22h38
[] [envie esta mensagem
]





       LIBERDADE!!!

 

      NÃO PODEMOS ACEITAR PASSIVAMENTE QUE AS MÃOS PESADAS DA CENSURA RECAIAM SOBRE TODA A ÂNSIA DE LIBERDADE QUE PULSA EM NOSSOS CORAÇÕES REBELDES. NÃO DEVEMOS ACEITAR QUE A MORDAÇA SEJA COLOCADA MESMO NOS NOSSOS INIMIGOS, POIS ESTAREMOS ABRINDO UM PRECEDENTE PARA QUE AMANHÃ SEJAMOS VÍTIMAS DA MESMA ARBITRARIEDADE. TODOS DEVEM TER O DIREITO DE SE EXPRESSAR, DESDE QUE NÃO ATINJAM A HONRA DE NINGUÉM. TODOS DEVEM SER LIVRES PARA GRITAR SEUS SONHOS, PARA BERRAR SUAS ANGÚSTIAS, PARA ENSURDECER O MUNDO COM SUAS IDÉIAS RENOVADORAS!

      QUERO PODER EXPRESSAR-ME SEM MEDO...E MESMO QUE O MEDO ME FAÇA APAGAR UNS RABISCOS ESCARNECENTES QUE EU TENHA FEITO, QUERO ESCREVER MAIS E MAIS, ATÉ QUE O MEDO SE CONSUMA, E EU POSSA FERIR AS GRAMÁTICAS FALANDO A LÍNGUA DO POVO. QUERO PODER OUVIR O RANGER DE DENTES DO OPOSITOR, QUERO QUE LHE SEJA DADO TODO O DIREITO DE EXPOR SEUS ARGUMENTOS.QUERO PODER REBATER SEUS PONTOS DE VISTA. QUERO LIBERDADE ENFIM!

      MAS SE TODOS OS MEUS IDEIAS ME LEVAREM AO SILÊNCIO DAS MASMORRAS, NÃO HESITAREI, PICHAREI TODAS AS PAREDES INFINITAMENTE: “LIBERTAS QUAE SERA TAMEN!”   



Escrito por sergioguedes.ap às 00h35
[] [envie esta mensagem
]





            VIETNÃ

 

    Um dia, quando eu morava em Belém onde eu fazia faculdade, assistindo a um documentário da TV Cultura sobre a guerra do Vietnã, vi uma cena que me marcou por muito tempo: um soldado americano executava um jovem vietnamita que se encontrava de joelhos e com as mãos amarradas para trás. Aquilo me causou indignação e tristeza, daí eu me inspirei para escrever o poema abaixo onde eu tento expressar um pouco daquilo que senti.

 

         VIETNÃ

 

O garoto indefeso, mas sereno,

Prepara o seu derradeiro suspiro.

O Soldado, sanguinário e pequeno,

Engatilha o seu fatídico tiro.

 

Na rua morta, uma brisa estapafúrdia

Mima o rosto da vítima indefesa.

O algoz cumprirá, em meio à balbúrdia,

Seu ato de patriótica vileza.

 

Súbito, um eco louco e fratricida

Rompe os miolos e arrebata a vida

Do jovem que instante algum estremeceu!

 

Sangue espalhado! Tarefa cumprida!

Ufano soldado! Pátria defendida!

O menino está morto, mas quem venceu?



Escrito por sergioguedes.ap às 22h16
[] [envie esta mensagem
]





   

PELO CÉU

 

Pelo céu...

 

O céu que não é verdadeiro;

O céu que não tem cor;

O céu em que só vejo o que me cabe,

Sem tempestade e sem sol a se por.

 

O céu das estrelas;

O céu do infinito;

O céu que camufla

Os mistérios do céu em que acredito.

 

O céu que está nas águas,

E que descansa abaixo de meu olhar;

O céu das viagens interplanetárias,

Dos homens que vivem a sonhar.

 

O céu sempre aberto às fantasias;

O céu que de noite se apaga,

E que reacende meu dia;

O céu que sempre me afaga.  

 

Pelo céu...

 

O céu do desencontro das águas,

Da chuva sobre o telhado em que adormeço;

O céu que cobriu minha infância;

O céu que eu nunca esqueço.

 

O céu origem de toda vida,

Pra onde espero partir um dia,

Levando minhas lembranças,

Minha volátil poesia.

 

                   Sérgio Guedes, Macapá-AP                  

Escrito por sergioguedes.ap às 21h26
[] [envie esta mensagem
]





                     SOBRE O ARREPENDIMENTO

 

      É comum ouvirmos certas pessoas saírem com a seguinte frase: “Não me arrependo de nada que eu fiz na vida!”  Para mim, tal afirmação soa como pura empáfia pois é impossível que haja alguém neste mundo que nunca tenha errado, alguém que nunca tenha cometido um ato impensado, alguém que nunca tenha magoado, nem que seja sem querer, outra pessoa. Pois é, nossa vida é cheia de acertos e desacertos, e nada mais grandioso e digno do que o arrependimento quando, por um lapso qualquer, fazemos algo que nós leva a pensar: “Caramba, o que foi que fiz?!”

      Arrepender-se não significa se martirizar por um erro cometido, mas significa sim reconhecer a falha, aprender com ela, e fazer o máximo possível para que ela nunca mais se repita. Eu me arrependo de muita coisa que eu fiz; muita coisa que se eu pudesse voltar atrás, eu faria de modo diferente.

      Arrepender-se não significa carregar um sentimento de culpa pelo resto da vida, significa repensar as atitudes e procurar cada vez mais errar menos, ser mais justo, ser mais tolerante. Somente os intolerantes não se arrependem de uma mágoa que tenham causado a alguém, de um prejuízo que tenham dado, de um conflito que causaram. Arrepender-se é um ato de humanidade; é um ato divino; é um ato de amor. Arrepender-se é crescer espiritualmente. Arrepender-se é pura catarse!        



Escrito por sergioguedes.ap às 20h48
[] [envie esta mensagem
]



 
  [ Ver arquivos anteriores ]